Férias impulsionam autorizações de viagem para menores, e cartórios de Campinas registram alta de 32% em 2024

  • 10/07/2024
(Foto: Reprodução)
Foram 41 atos eletrônicos nos seis primeiros meses deste ano, e 31 entre janeiro e junho de 2023. Documento é obrigatório para crianças e adolescentes desacompanhados ou com apenas um dos responsáveis. Passageiros no terminal do Aeroporto de Viracopos Aeroportos Brasil Viracopos Impulsionadas pelas férias escolares, as Autorizações Eletrônicas de Viagem (AEVs) para menores de 16 anos desacompanhados ou com apenas um dos responsáveis aumentaram 32% no primeiro semestre deste ano em cartórios de Campinas (SP), frente ao mesmo período no ano anterior. ✅ Receba notícias da região de Campinas no WhatsApp Segundo levantamento da Seção São Paulo do Colégio Notarial do Brasil (CNB/SP), foram registrados 41 atos na metrópole nos seis primeiros meses deste ano, e 31 entre janeiro e junho de 2023. Já no mesmo período de 2022, os cartórios contabilizaram cinco autorizações eletrônicas. 🔎 O que é uma autorização de viagem? O documento é exigido sempre que um menor de idade viaja descompanhado ou com apenas um dos pais ou responsáveis. Isso significa que, caso a criança esteja acompanhada somente do pai, por exemplo, é necessária a autorização da mãe para embarcar. Desde agosto de 2021, a emissão e o reconhecimento de firma do documento podem ser feitos pela internet, na plataforma nacional unificada dos Cartórios de Notas do país. Depois, o requerente pode escolher se prefere receber a autorização física ou digital. “Você vai ter a videoconferência com o tabelião que vai confirmar se você está ciente e autorizando. Dando a sua autorização, você vai assinar digitalmente e essa assinatura digital vai ter a mesma validade da assinatura física”, explica a presidente da Comissão de Direito Civil da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Campinas, Mariana Baroni. Férias e praticidade Segundo Baroni, a alta nas solicitações de autorizações eletrônicas de viagem é comum nas férias por dois fatores: a praticidade e os regimes de convivência entre os genitores, como nos casos de crianças com pais divorciados. “Geralmente, nas férias, a convivência é dividida. Você tem essa viagem da criança, que vai de uma casa para outra, quando os genitores não residem na mesma cidade ou não residem, às vezes, no mesmo estado. Então é preciso essa autorização”, detalha a advogada. ✍️ Além disso, a possibilidade de emitir o documento pela internet se tornou uma opção atraente nos últimos anos por conta da praticidade, segundo Baroni. Não há custo para criar uma assinatura virtual válida em cartório. 'Workation': conheça a tendência que une viagem de lazer ao trabalho Como pedir a autorização? 💻 Acesse a plataforma e-Notariado e abra uma solicitação na área “cidadão” do site, preenchendo as informações solicitadas; Com o formulário completo, escolha se prefere emitir a autorização presencialmente, no cartório mais próximo, ou por videoconferência; Caso escolha a videoconferência, é necessário ter um certificado padrão ICP-Brasil ou Certificado Notarizado, emitido gratuitamente pelos Cartórios de Notas. VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região Veja mais notícias da região no g1 Campinas

FONTE: https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2024/07/10/ferias-impulsionam-autorizacoes-de-viagem-para-menores-e-cartorios-de-campinas-registram-alta-de-32percent-em-2024.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

estamos ao vivo mande a sua mensagem para nos a traves do watsapp 19/983176001

Top 5

top1
1. Raridade

Anderson Freire

top2
2. Advogado Fiel

Bruna Karla

top3
3. Casa do pai

Aline Barros

top4
4. Acalma o meu coração

Anderson Freire

top5
5. Ressuscita-me

Aline Barros

Anunciantes